segunda-feira, 25 de agosto de 2008

BACCARAT-LUSTRES

BACCARAT VERMELHO E BRANCO

BACCARAT BRANCO

16 comentários:

O Profeta disse...

Uma rosa breve
Uma hortênsia de alva cor
A terra molhada pelo sereno
Nos celeste paira um Açor

A madeira verde, a dança do fogo
O embalo do loureiro no vento, o alecrim
Um ribeiro de inquietas águas
Levam o perfume das mágoas em viagem sem fim


Convido-te a sentir a minha paleta de aromas


Mágico beijo

Mello disse...

Olá Martha!

Mais uma maravilha, são lindos os lustres.

Beijinhos

Graça Mello

O Árabe disse...

Lindos, ambos... simplesmente lindos! Boa semana.

Chama Violeta disse...

Olá linda amiga!
Lindo, lindo!! Amo lustres!!!
Luz,luz,energia!
Já estás no Sonic, mas não entendo muito daquilo ok?

Beijos violeta e fica bem!

C Valente disse...

que bela iluminação
Saudações amigas

Oliver Pickwick disse...

Não ligo para coisas chiques. Sou espartano. No entanto, não há como negar que as coisas chiques de antigamente eram muito mais chiques que as modernas.
Depois de quase dois meses ausente da blogosfera, é bom "reencontrá-la".
Um beijo!

tertulías disse...

Oi linda, nossa estaria realmente precisado de lustres assim aqui em casa... tenho um pé direito de 3,70m já que meu edifício foi construído em 1908... yeahhh, este ano comemoramos 100 anos e meu edifício é um dos únicos exemeplos de uma "spät-sezeonistische-architektur" aqui em Viena... o bacarat branco ficaria realmente maravilhoso na sala de jantar... how much???? beijo, ricardo
p.s. vou meus últimos postings?????

Verónica disse...

Que riqueza de lustres! mais uma vez eles remetem para a cena inicial de "O fantasma da ópera"
Maravilha.

Ailime disse...

Fabulosos seus objectos de arte, de muito bom gosto!
Vou maravilhando o meu olhar nas peças que nos vai mostrando.
Bem-haja.
Um beijo.

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oi, querida!
Pois é, Martha, o desequilíbrio está graçando em toda parte. Por exemplo, teu blog, essa enciclopédia virtual, na qual muita gente, pretensamente culta, poderia aprender sobre Artes, Grandes Autores... No entanto, só sabem manifestar despeito, inveja, rancor. E o meu? Que é um diário simples, sem artifícios ou pirotecnias, mas onde procuro exaltar a Cultura, principalmente do nosso país e levar um pouco de alento aos sofredores, como no post dos Florais de Bach...Afinal, amiga, do que nos acusam? Por que não dão a cara pra bater? Estamos aqui, com fotos, nomes e sobrenomes...Enfim, só quero mesmo encerrar, te agradecendo a importante demonstração de apoio de sua parte e conte, conte mesmo com a nossa reciprocidade, pequena, mas Verdadeira.
Obrigada e uma semana repleta de Inspirações, das quais todos sairemos beneficiados.
Esses lustres, quando uma pessoa do povo poderia apreciar algo tão perfeito? Lembra-me uma história, mas contarei depois, numa nova oportunidade.
Interesante, um "pobre anônimo" foi à nossa página pra destilar um fel, mas vai se "machucar", o coitado, meu marido conhece o moço que nos ofereceu os cartões, foram presenteados ao casal.Vamos parar de falar neles? Querem que citemos nomes, querem "IBOPE", de mim e quero crer, de ti, não terão.Risos!
AFETO ENORME!!!
(Não, não encerrarei, em hipótese alguma com o espaço que conquistei com o Carinho de Amigos como VOCÊ!)

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

OPS:INTERESSANTE, com dois "esses", erro de digitação, unhas grandes, rsssss.

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Dei uma passada d'olhos nos demais posts. Deslumbrante!
Volto amanhã...Aquelas bonecas de porcelana me enfeitiçaram!Bjsssss

Zé Carlos disse...

Olá Martha querida.
Um show seus lustres, demais....
Agora vim te pegar para tomarmos um cafezinho de Marília, pode ser ??
Beijão do Zé Carlos

mundo azul disse...

Martha, são lindos! O primeiro então...Sempre gostei muito de peças raras e antigas! Mas, apenas para olhar...


Beijos de luz, o meu carinho e agradecimento pelas palavras tão gentis!

mitro disse...

São lindissimos!

Å®t Øf £övë disse...

Martha,
Adoro este tipo de castiçais. Com uma decoração adequada dão um ar muito chique.
Bjs.